terça-feira, 20 de janeiro de 2009

NAS CIDADES, AS MATAS... OS BOULEVARDS


Numa singela tarde de segunda, três indoutos amigos, sem muito o que fazer e atestando a vagabundagem pessoal do caso reto, resolveram aprender inglês, não da melhor forma possível (talvez para Vygostsky fosse), mas de uma forma bem fenomenológica do tipo ser-estando. Enfim... filosofias baratas a parte, os três resolveram conhecer o tão falado Happy End. Tá, tá, tá, já sei!!! Tem gente a toa, fora dessa cidade, que também lê isso. Já explico: Happy End, segundo um oráculo me informou, é uma mata, daquelas de restinga, que fica no final da Praia de Camburi em Vitória, onde, reza a lenda, algum dia já existiu uma fonte de água mineral, hoje um esgoto a céu aberto do tão fofinho e bonitinho bairro de Jardim Camburi. Enfim, os aventureiros do bairro proibido se encaminharam para a tais trilhas de Oxóssi (deus das matas) para presenciar alguma cena sujo-pederasta-de-baixo-calão e, lógico, se divertirem às custas das fantasias sexuais alheias. Carro parado. Dúvidas. O mais ousado foi justamente, dos três amigos, o que viera do interior. Saltou do carro e prontamente se colocou a saudar o mar em alta voz - para que os banhistas, quiosqueiros e passantes não pensassem que seu objetivo ali era o de adentrar à selva. Lógico que eles pensaram ao contrário... mas se importaram? Nenhum pouco. Quase como três crianças matreiras e aventureiras, daquelas que roubam doce da avó, seguiram pela areia da praia, atravessaram a vala com a linda cor verde-esmeralda. Desalongamento (delícia, inventar palavras) de história, acabaram encontrando na tal virgem(?) mata um número tão grande de amigos que o gueto na verdade se transformou num piquenique no parque. Abaixo aos guetos! Revolução dos bichos, now! Saiam das matas... coisa cafona da década de 70. Afinal, banheiros de Boulevard, com a presença da guarda municipal dentro, têm sido, aparentemente mais urbano e pós-moderno. Ainda assim não concordo, mas fazer o quê? Há uma descontrolada necessidade entre os homens (sexo masculino), que perpassa o "fazer xixi".

5 comentários:

  1. nas virgens.... as matas... o saci tb vai brincar! Não de 4, mas de 3! rsrsrsrs
    bjxxx

    ResponderExcluir
  2. E a Mãe Natureza agradece... rs

    ResponderExcluir
  3. tenho certeza que a hora que uma certa amiga minha ler sobre oxóssi aqui, vai querer os direitos que ela tem sobre a marca, já famosa no rio!

    ResponderExcluir
  4. concordo com alex.. e a mae natureza agradesce rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Bem,faço minha estréia aqui já afirmando que os textos são bons,tentam até ser provocativos e certamente ficarão cada vez melhores...Agora pode me xingar...

    ResponderExcluir